Mais do que nunca, a humanidade está numa encruzilhada. Um caminho leva-nos à desesperança, o outro à destruição total. Rezo para que tenhamos o bom senso de escolher o caminho certo. Woody Allen
Terça-feira, 13 de Novembro de 2007
A Lágrima

Manhã de Junho ardente. Uma encosta escavada,

Sêca, deserta e nua, à beira d'uma estrada.
.
Terra ingrata, onde a urze a custo desabrocha,
Bebendo o sol, comendo o pó, mordendo a rocha.
.
Sôbre uma folha hostil duma figueira brava,
Mendiga que se nutre a pedregulho e lava,
.
A aurora desprendeu, compassiva e divina,
Uma lágrima etérea, enorme e cristalina.
.
Lágrima tão ideal, tão límpida, que ao vê-la,
De perto era um diamante e de longe uma estrêla.
.
Passa um rei com o seu cortejo de espavento,
Elmos, lanças, clarins, trinta pendões ao vento.
.
- "No meu diadema, disse o rei, quedando a olhar,
Há safiras sem conta e brilhantes sem par,
.
"Há rubins orientais, sangrentos e doirados,
Como beijos d'amor, a arder, cristalizados.
.
"Há pérolas que são gotas de mágua imensa,
Que a lua chora e verte, e o mar gela e condensa.
.
"Pois, brilhantes, rubins e pérolas de Ofir,
Tudo isso eu dou, e vem, ó lágrima, fulgir
.
"Nesta c'roa orgulhosa, olímpica, suprema,
Vendo o Globo a teus pés do alto do teu diadema!"
.
E a lágrima deleste, ingénua e luminosa,
Ouviu, sorriu, tremeu, e quedou silenciosa.
***
Couraçado de ferro, épico e deslumbrante,
Passa no seu ginete um cavaleiro andante.
.
E o cavaleiro diz à lágrima irisada:
"Vem brilhar, por Jesus, na cruz da minha espada!
.
"Far-te hei relampejar, de vitória em vitória,
Na Terra Santa, à luz da Fé, ao sol da Glória!
.
"E à volta há-de guardar-te a minha noiva, ó astro,
Em seu colo auroreal de rosa e de alabastro.
.
"E assim alumiarás com teu vivo esplendor
Mil combates de heróis e mil sonhos d'amor!"
.
E a lágrima celeste, ingénua e luminosa,
Ouviu, sorriu, tremeu e quedou silenciosa.
***
Montado numa mula escura, de caminho,
Passa um velho judeu, avarento e mesquinho.
.
Mulas de carga atrás levavam-lhe o tesoiro:
Grandes arcas de cedro, abarrotadas d'oiro.
.
E o velhinho andrajoso e magro como um junco,
O crânio calvo, o olhar febril, o bico adunco,
.
Vendo a estrêla, exclamou: "Oh Deus, que maravilha!
Como ela resplandece, e tremeluz, e brilha!
.
"Com meu oiro em montão podiam-se comprar
Os impérios dos reis e os navios do mar,
.
"E por esse diamante esplêndido trocara
Todo o meu oiro imenso a minha mão avara!"
.
E a lágrima celeste, ingénua e luminosa,
Ouviu, sorriu, tremeu, e quedou silenciosa.
***
Debaixo da figueira, então, um cardo agreste,
Já ressequido, disse à lágrima celeste:
.
"A terra onde o lilaz e a balsamina medra
Para mim teve sempre um coração de pedra.
.
"Se a queixar-me, ergo ao céu os braços por acaso,
O céu manda-me em paga o fogo em que me abraso.
.
"Nunca junto de mim, ulcerado de espinhos,
Ouvi trinar, gorgear a música dos ninhos.
.
"Nunca junto de mim ranchos de namoradas
Debandaram, cantando, em noites estreladas...
,
"Voa a ave no azul e passa longe o amor,
Porque ai! Nunca dei sombra e nunca tive flor!...
.
"Ó lágrima de Deus, ó astro, ó gota d'água,
Cai na desolação desta infinita mágoa!"
.
E a lágrima celeste, ingénua e luminosa,
Tremeu, tremeu, tremeu... e caíu silenciosa!...
***
E algum tempo depois o triste cardo exangue,
Reverdecendo, dava uma flor côr de sangue,
.
Dum roxo macerado, e dorido, e desfeito,
Como as chagas que tem Nosso Senhor no peito...
.
E ao cálix virginal da pobre flor vermelha
Ia buscar, zumbindo, o mel doirado a abelha!...


Guerra Junqueiro

sinto-me:

publicado por eu às 01:08
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Bom Dia

Bom Dia

Abrace!

...

Bom Dia

SENHOR......PERMITA

...

Bom Dia

Para o Resto de Nossas Vi...

Bom Dia

arquivos

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

tags

alegria(1)

amizade(2)

amor(68)

amor.vida(94)

angels(3)

angels-bom dia(2)

antero de quental(1)

bocage(3)

cecilia meirelles(1)

cesário verde(2)

christina aguilera(1)

feliz ano novo(1)

fernando pessoa(2)

fofoca(1)

guerra junqueiro(1)

joão carlos teixeira gomes(1)

love(3)

manuel alegre(2)

nossa senhora(1)

pensamentos(94)

petição(1)

poema(9)

renoir(1)

vasco graça moura(1)

vida(6)

vida.poema(1)

vinicius de moraes(1)

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds
pesquisar